O município de Sumaré fecha 2020 com a conclusão das obras de ampliação e modernização da captação de água bruta do rio Atibaia e a construção da adutora Bandeirantes-Callegari que, juntas, beneficiam 190 mil moradores.

Além disso, o índice de perdas de água do munícipio caiu de 60%, em 2015 (no início da concessão), para 36,42% (média) em 2020. O resultado representa que 6,3 bilhões de litros de água deixaram de ser desperdiçados. Uma das ações que contribuiu para essa redução foi a substituição de 5,4 quilômetros de redes no Jardim Dall’orto, que ocorreu ao longo deste ano e continuará em 2021, totalizando, seis quilômetros de redes substituídas no bairro.

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de água e esgoto da cidade, destaca em seu balanço anual o aumento no volume de água bruta captada, que passou de 600 l/s para 750 l/s após a conclusão da obra de ampliação e modernização da captação de água do rio Atibaia, que beneficia 70% da população de Sumaré.

“Nessa obra também instalamos um Sistema de Geração e Dosagem de Hipoclorito,  que tem a função de realizar a pré-cloração da água até sua chegada na Estação de Tratamento de Água II, que fica no Parque Itália. Esse sistema permite a produção de hipoclorito no próprio local, de maneira automatizada e segura, garantindo, assim, a qualidade da água distribuída à população”, explica Rafaella Lange, gerente de operações da BRK Ambiental em Sumaré.

Outra importante obra concluída neste ano foi a da construção da nova adutora Bandeirantes-Calegari, que ampliou a disponibilidade de água para 31 bairros do município.

Com dois quilômetros de extensão e 300 milímetros de diâmetro, a adutora é de PVC Defofo e é responsável por levar água tratada da Estação de Bombeamento Aclimação, no Jardim Aclimação, até o reservatório Calegari, no Jardim Calegari. “Conseguimos, com a obra, melhorar o nível de armazenamento do reservatório Calegari e, com isso, aumentar a disponibilidade de água para moradores das regiões de Área Cura e Nova Veneza”, complementa a gerente.

Essas obras e melhorias alcançadas na cidade são frutos de investimentos que já ultrapassam R$ 131 milhões nos cinco anos de concessão. São investimentos que vão de ampliações do sistema público de água e esgoto, visando atender o crescimento contínuo do município, até modernizações e complementação dos serviços. E o trabalho não para por aqui. Nos próximos anos, a BRK Ambiental prevê a continuidade de investimentos no município.

2020 EM NÚMEROS

  • Mais de 819 vazamentos não visíveis foram encontrados durante o trabalho de hasteamento (utilização de uma haste de escuta mecânica, para verificar as ligações de água, com o objetivo de identificar vazamentos não visíveis de rede ou ligação) executado na cidade. Esta ação tem papel fundamental na redução de perdas.

  • Cerca de 101 mil análises laboratoriais foram realizadas durante o ano no trabalho de monitoramento de controle da qualidade da água em 314 pontos de coleta espalhados pelo município.

  • Neste ano, foram recolhidas 100,8 toneladas de resíduos (lixo) do sistema de esgoto de Sumaré, que receberam destinação adequada.

  • Uma média de 130.000 metros de redes de esgoto foram limpas preventivamente em 2020, evitando obstruções. Esse valor é 160% maior do que a quantidade de redes limpas em 2019.

Para a BRK Ambiental – que em razão da Covid-19 também adotou uma série de novas medidas e procedimentos de segurança e prevenção junto aos seus funcionários para garantir a continuidade da prestação do serviço essencial ao município em 2020 – o ano, apesar de desafiador nas áreas social, econômica, científica e outras, também motivou a tornar seus serviços ainda mais reconhecidos durante a pandemia.

“Poucas vezes na história o mundo discutiu tanto sobre saúde e sobre o papel essencial do saneamento básico nesse contexto”, comenta Lange.

A gerente de operações da concessionária conclui: “encerrar esse ano com resultados tão expressivos para o saneamento de Sumaré demonstra que estamos no caminho certo e que devemos continuar trabalhando para transformar a vida das pessoas pelo saneamento”.

Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Captacao-Atibaia-1024x576.jpghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2020/12/Captacao-Atibaia-150x150.jpgRedação Agenda 7DestaquesSumaréO município de Sumaré fecha 2020 com a conclusão das obras de ampliação e modernização da captação de água bruta do rio Atibaia e a construção da adutora Bandeirantes-Callegari que, juntas, beneficiam 190 mil moradores. Além disso, o índice de perdas de água do munícipio caiu de 60%, em 2015...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP