Pessoas com doenças hereditárias ou adquiridas caracterizadas pela descamação ou ressecamento da camada externa da pele, chamadas de ictioses, passam a contar com protocolo clínico e diretrizes terapêuticas (PCDT), atualizados para tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

O documento, publicado no do Diário Oficial da União (DOU), apresenta recomendações quanto à prescrição de medicamentos, orientação ao paciente e aconselhamento genético – procedimento no qual são dadas informações ao paciente ou sua família sobre o diagnóstico, causa, evolução e riscos de determinada doença ou condição genética.

Os PCDT são de caráter nacional e devem ser utilizados pelas Secretarias de Saúde dos Estados, do Distrito Federal e dos Municípios na regulação do acesso à assistência. O processo de atualização desses documentos é realizado pelo Ministério da Saúde de forma periódica, para garantir que sejam disponibilizados no SUS as melhores práticas para diagnóstico e tratamento das doenças.

Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/08/pele.jpeghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/08/pele-150x150.jpegRedação Agenda 7DestaquesSaúde e Bem-estarPessoas com doenças hereditárias ou adquiridas caracterizadas pela descamação ou ressecamento da camada externa da pele, chamadas de ictioses, passam a contar com protocolo clínico e diretrizes terapêuticas (PCDT), atualizados para tratamento pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O documento, publicado no do Diário Oficial da União (DOU), apresenta recomendações...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP