Uma parceria entre a Casa Betânia da Paz, o Rotary Club de Hortolândia e o SINDMEI (Sindicato dos Microempreendedores Individuais de Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Região) garantirá a formação de jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social atendidas pela entidade católica. O termo da parceria para a captação de patrocínio e execução do Projeto Educação para a Vida foi assinado, no último dia 21 de janeiro, pela Irmã Francesca, Graziella Prando, integrante da presidência da Casa Betânia da Paz, e Eliseu Silas de Assis, presidente do Rotary Hortolândia e também do SINDMEI.

No acordo, o SINDMEI realizará a gestão do projeto e aplicará os cursos de capacitação que prepararão as jovens para o mercado de trabalho, em parceria técnica com o IDESPE (Instituto de Desenvolvimento Econômico Social e de Projetos Educacionais).

O Projeto Educação para a Vida contará com a participação das embaixadoras do Projeto Empoderamento de Meninas, realizado pelo Rotary Club Hortolândia, que auxiliarão nos workshops e acompanhamento do projeto. A iniciativa também terá o apoio institucional da ACIAH (Associação Comercial e Industrial de Hortolândia).

“Como presidente do SINDMEI fico muito feliz em poder contribuir para que essas jovens possam ter oportunidade de se prepararem para o mercado de trabalho. Com a participação das embaixadoras do Rotary nessa missão, vamos cumprir uma das metas do clube que é o apoio ao empoderamento feminino de adolescentes que se encontram em situação de vulnerabilidade. Hoje, segundo a ONU (Organização das Nações Unidas), são mais de 120 milhões de meninas abandonadas no mundo”, contextualiza Eliseu Silas.

Para Dulce dos Santos, psicóloga e coordenadora da Casa Betânia da Paz, o projeto abrirá portas para as jovens. “Elas sentem dificuldades para encontrarem oportunidades no mercado de trabalho, com muitas portas fechadas. Então, este projeto as capacitará em técnicas para abrir essas portas. Com o apoio de todos os envolvidos, efetivamente, vamos trabalhar para que elas possam alcançar seus objetivos”, comenta Dulce.

A consultora do IDESPE e coordenadora do Grupo das Profissionais do Networking das Lobas, Luísa Dias, observa que a importância da capacitação vai além da colocação das jovens no mercado de trabalho. “Queremos, também, que elas também possam ter uma autoestima saudável e contribuir com informações que possibilitem ajudar a formar cidadãs mais conscientes de seu papel, responsabilidades e das suas possibilidades”, ressalta a consultora.

O Projeto Educação para a Vida está previsto para começar a partir do mês de março. “Convidamos as empresas da região e outras entidades para se juntarem a nós nessa missão e participarem como apoiadores”, afirma Eliseu Assis.

 Os interessados em apoiar e saber mais sobre o projeto devem entrar em contato por meio do telefone (19) 3897-6305 ou pelo WhatsApp (11) 97084-9564.

Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2022/02/ELISEU-SILAS-DE-AZUL-1024x461.jpghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2022/02/ELISEU-SILAS-DE-AZUL-150x150.jpgRedação Agenda 7DestaquesRegiãoUma parceria entre a Casa Betânia da Paz, o Rotary Club de Hortolândia e o SINDMEI (Sindicato dos Microempreendedores Individuais de Hortolândia, Monte Mor, Sumaré e Região) garantirá a formação de jovens e adolescentes em situação de vulnerabilidade social atendidas pela entidade católica. O termo da parceria para a...Notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP