Diante da queda de temperatura, as equipes formadas pelo Fundo Social de Solidariedade, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Inclusão da Prefeitura de Sumaré intensificaram a ronda por toda a cidade nos últimos dias, trabalhando o convencimento e orientação das pessoas em situação de rua sobre a importância do encaminhamento para a Casa de Acolhimento da prefeitura. Foram abordadas 60 pessoas e apenas três aceitaram ser encaminhadas para o abrigo, um projeto que oferece lar e cuidados para essas pessoas até que elas consigam retornar para suas casas e famílias. Para os que insistiram em permanecer nas ruas, foram entregues kits de alimentação, agasalhos, toucas e cobertores.

 O projeto que oferece assistência às pessoas em situação de rua existe desde 2017, com a parceria com a Casa de Acolhimento Resgatar. Além disso, a prefeitura também implantou o Alojamento Provisório. Os usuários recebem orientações quanto à higiene e autocuidado, refeições balanceadas e ainda podem cumprir o isolamento social caso a contaminação pelo coronavírus já tenha ocorrido. Elas também recebem acompanhamento técnico especializado e particularizado, têm as documentações regularizadas, são inseridas no Cadastro Único e encaminhadas para serviços de saúde, educação e capacitação profissional.

Os serviços de abordagem são permanentes, realizada por equipes formadas por psicólogos, assistentes sociais e educadores sociais. A Secretaria Municipal de Inclusão, Assistência e Desenvolvimento Social realiza essas as ações por meio do SEAS (Serviço Especializado de Abordagem Social). Por média, cerca de 100 pessoas são abordadas por mês, aceitando ou não permanecer nos abrigos ou ter uma rápida passagem, apenas para se alimentarem ou protegerem das ruas. Porém, diante das quedas nas temperauras, o trabalho é intensificado, com visitação in loco das pessoas na rua, distribuição de kits e orientações sobre a importância da ida para os abrigos.  Infelizmente, mesmo com todos os esforços por parte das equipes, a cada abordagem o número de pessoas que aceitam a transferência é mínimo.

“Desde o início do inverno nos preparamos e ampliamos nossas ações de cuidados com quem mais precisa. Realizamos a abordagem e esse trabalho com as pessoas em situação de rua durante o ano todo, porém, infelizmente as pessoas são muito resistentes à ida para os abrigos. A cada ação temos um número pequeno ou até nulo dessas pessoas, por isso, temos que adaptar o acolhimento, fornecendo kits básicos para elas. para que os riscos de viver nas ruas e estarem expostos ao clima sejam menores e se sintam acolhidos e amparados. Trabalhamos para levar assistência a quem mais precisa. As pessoas em situação de vulnerabilidade também podem procurar os CRASs da cidade para retirarem as sacolas solidárias, com roupas e agasalhos doados pela população, pois estamos prontos para auxiliar e ajudar quem mais precisa”, comentou a presidente do Fundo Social, Mara Dalben.

“Nossas equipes trabalham com muita responsabilidade para ofertar dignidade e auxílio para quem mais precisa. Nossas ações ocorrem durante o ano todo, porém com as quedas nas temperaturas, é necessário que ampliemos o trabalho, intensificando os cuidados e o acolhimento institucional para que as pessoas em situação de vulnerabilidade se sintam acolhidas e amparadas. Trabalhamos com muita delicadeza com essas pessoas, buscando reinseri-las na sociedade, ofertar auxílio psicossocial e uma vida digna, porém, ainda encontramos muita resistência, por isso, focamos na sensibilização de cada um”, disse o prefeito Luiz Dalben.

O ingresso nos abrigos é realizado pelo SEAS, por meio de solicitação da Rede Socioassistencial ou de munícipes. Para contato telefônico, os números são (19) 3803-4701 ou (19) 98723-0698, as segundas, quintas e sextas-feiras, das 8 às 17 horas. As terças e quintas-feiras, o horário de atendimento é das 10 às 20 horas. O contato também pode ser feito via Defesa Civil, por meio do 199, 24 horas por dia, todos os dias.

Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/07/frio-5-1024x766.jpeghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/07/frio-5-150x150.jpegRedação Agenda 7DestaquesSumaréDiante da queda de temperatura, as equipes formadas pelo Fundo Social de Solidariedade, Defesa Civil, Corpo de Bombeiros e Secretaria de Inclusão da Prefeitura de Sumaré intensificaram a ronda por toda a cidade nos últimos dias, trabalhando o convencimento e orientação das pessoas em situação de rua sobre a...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP