Uma parceria entre a prefeitura de Hortolândia e o governo do estado de São Paulo garantiu mais R$ 20 milhões em investimentos, desta vez para a rede estadual de ensino.
Na última sexta-feira, 25, o prefeito José Nazareno Zezé Gomes se reuniu, na Escola Estadual Jardim Santa Clara do Lago, com o secretário de Estado da Educação, Rossieli Soares, que anunciou investimentos na ordem de R$ 12 milhões para a construção de uma nova escola estadual no Jardim Novo Ângulo; R$ 6,6 milhões para a adequação elétrica em todas as escolas estaduais para a instalação de sistema de ar condicionado; e R$ 2 milhões para a construção de duas quadras poliesportivas cobertas. Participaram da atividade o deputado estadual Dirceu Dalben, o secretário municipal de Educação, Fernando Moraes, e os vereadores Clodoaldo dos Santos da Silva e Enoque Leal Moura.
Para o prefeito hortolandense, os investimentos em educação são mais que bem vindos, o que fortalece o ensino público estadual no município. “Há algum tempo estávamos trabalhando, junto ao Governo do Estado, para a construção de novas escolas. O anúncio deste novo colégio na região do Novo Ângulo se faz muito importante, absorvendo uma importante demanda. Além da escola, ressalto que conquistamos também junto ao Governo do Estado uma Praça da Cidadania, que será construída ao lado desta escola. Ou seja, além de uma escola teremos um espaço voltado a desenvolver cursos profissionalizantes gratuitos para a nossa gente. Um importante investimento que tem o poder de transformar vidas”, destacou Zezé Gomes.
O secretário de Estado explicou que os investimentos serão realizados pelo Governo Paulista. Os recursos serão encaminhados para a Prefeitura, que será responsável em realizar os processos licitatórios de construção e de serviços de adequação do sistema elétrico das escolas. “Essa transferência de recursos tem por objetivo acelerar o processo e facilitar a fiscalização. Hortolândia é uma cidade parceira e vem lutando para melhorar as condições de ensino das suas crianças e jovens. Sem dúvida, estamos dando um passo importante”, declarou Soares.

ENSINO INTEGRAL
Durante o anúncio dos investimentos para a rede estadual de Hortolândia, o secretário estadual falou também sobre o novo plano de expansão do Programa de Ensino Integral (PEI), anunciado no último dia 22. De acordo com o plano, 950 novas escolas, sendo 100 ainda em 2022 e 850 em 2023, passarão a ter ensino integral. Desde 2021, o PEI saltou de 1.077 escolas, em 308 cidades, para 2.050, espalhadas por 464 municípios. Com a expansão, serão 3.000 unidades, somando 1,4 milhão de vagas.
“A prioridade do Governo do Estado de São Paulo, ao lado da Saúde, foi a Educação, que é o futuro do Brasil. Se nós conseguimos sair de 364 escolas para 2.050 escolas de tempo integral em menos de três anos, é possível fazer quando se quer fazer”, disse Soares.

A proposta de expansão foi iniciada neste ano letivo, com a inserção de 973 novas escolas no programa, que atua na melhoria da aprendizagem por meio de um modelo pedagógico e de gestão inovador. Presente na rede estadual desde 2012, o programa promove práticas variadas, como Tutoria, Nivelamento, Protagonismo Juvenil com Clubes Juvenis e Líderes de Turma, e componentes curriculares específicos, como Orientação de Estudos e Práticas Experimentais, que potencializam a formação integral do estudante a partir do Projeto de Vida individual. Além disso, permite o planejamento, desenvolvimento e acompanhamento das ações pedagógicas, de maneira estruturada.
Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2022/03/029A7937-1024x683.jpghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2022/03/029A7937-150x150.jpgRedação Agenda 7DestaquesRegiãoUma parceria entre a prefeitura de Hortolândia e o governo do estado de São Paulo garantiu mais R$ 20 milhões em investimentos, desta vez para a rede estadual de ensino. Na última sexta-feira, 25, o prefeito José Nazareno Zezé Gomes se reuniu, na Escola Estadual Jardim Santa Clara do Lago,...Notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP