As férias de julho chegaram para aliviar a rotina de confinamento e aulas virtuais que têm levado muitas crianças à exaustão. Com a flexibilização do funcionamento das atividades e o avanço da vacinação, aproveitar a folga escolar tornou-se um programa tentador para muitas famílias. Porém, para evitar que as férias se transformem em uma dor de cabeça, é preciso pensar, também, no orçamento.

Para não chegar ao final das férias totalmente sem dinheiro, o educador financeiro Rogério Araújo explica que é essencial planejar os programas e ter controle dos gastos. “É importante envolver as crianças no planejamento, discutir os limites de gastos de cada dia e explicar a importância de não gastar além do estipulado. Dessa forma, elas aprendem a valorizar não só o dinheiro, mas os passeios escolhidos”, afirma.

O educador financeiro ressalta que ao definir a programação junto com as crianças, os pais evitam, por exemplo, mudanças repentinas na programação. “E as crianças vão criar uma expectativa positiva por determinado passeio, vão esperar, fazer planos e nesta espera elas já começam a se divertir antes”, explica.

Araújo explica também que quando os pais definem um limite de gastos por dia ou por semana, eles estão ensinando na prática as diretrizes básicas do orçamento. “E uma maneira de fazer o dinheiro render mais é aproveitar os passeios culturais e os parques gratuitos. Diversão não precisa ser sempre sinônimo de gasto”, completa.

Rogério Araújo – educador financeiro

O educador financeiro afirma que infelizmente não há uma preocupação em fazer uma reserva exclusivamente para o lazer. “O ideal é poupar com antecedência e não ativar o conhecido modo depois-eu-vejo-como-eu-pago. As férias são período de descanso e diversão e para evitar que a folga se torne um problema manter o controle financeiro é fundamental”, aponta.

Dicas para o planejamento financeiro das férias:

– Faça a programação junto com as crianças.

– Defina um limite de gastos por dia ou por semana.

– Aproveite as programações gratuitas, como passeios culturais e parques.

– Promova atividades em casa, como a noite do cinema.

– Se você tem milhas de cartão, aproveite para trocá-las por ingressos ou estadia em hotéis.

– Não faça dívidas. Das férias, guarde apenas as boas lembranças.

Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/07/Educacao-Financeira-crianca-1024x927.jpghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/07/Educacao-Financeira-crianca-150x150.jpgRedação Agenda 7Brasil e MundoDestaquesAs férias de julho chegaram para aliviar a rotina de confinamento e aulas virtuais que têm levado muitas crianças à exaustão. Com a flexibilização do funcionamento das atividades e o avanço da vacinação, aproveitar a folga escolar tornou-se um programa tentador para muitas famílias. Porém, para evitar que as...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP