Com a reabertura dos salões para atendimento presencial, limitado a 25% da capacidade, o setor de bares e restaurantes da região de Campinas estima um aumento de 50% no consumo no próximo domingo, quando é comemorado o Dia das Mães, a segunda data mais importante para o segmento. Em 2020, início da pandemia, com trabalho somente com sistema de entrega, o faturamento ficou limitado a 20% sobre o total para a data, de acordo com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) em Campinas e região.

Para Matheus Mason, presidente da Abrasel em Campinas e Região, a queda nas vendas é significativa quando comparada à comemoração da data em anos sem pandemia. “Mas é um alívio para o setor, que precisa fazer caixa para pagar dívidas e salários de funcionários e manter as portas abertas.”

Ele acredita que muitas famílias estão reaprendendo a sair de casa após mais de um ano de isolamento e entendendo que os restaurantes seguem normas e segurança. Mesmo assim, acredita que muitas pessoas, principalmente de mais idade, ainda deverão optar por se reunir em casa, pedindo pelo delivery ou encomendas.

“Neste ano ainda vamos observar um consumo bastante dividido entre venda presencial e delivery. O Estabelecimento que oferecer os dois serviços deverá representar metade  do faturamento normal do estabelecimento para a data”, acrescenta Mason.

Expectativa

O Dia das Mães, comemorado no próximo domingo dia 9, é aguardado com expectativa pelos empresários do setor de restaurantes e padarias da região de Campinas. A comemoração marca a retomada do atendimento presencial, com limitação de apenas 25% da capacidade. No ano passado, em razão da Fase Vermelha do Plano São Paulo, os estabelecimentos se viram obrigados a atender de forma inusitada, somente pelo delivery, amargando grandes perdas.

A gerente de Marketing do Restaurante Vila Paraíso e das duas unidades da Padoca do Vila Fernanda Barreira está otimista para o Dia das Mães deste ano. As casas no ano ficaram fechadas, até mesmo no delivery. “Estamos animados, embora só possamos operar com um quarto da capacidade”, diz ela. “Para nós que temos um grande espaço e área verde, deve ser um dia bom”.

Para atrair o cliente, o Restaurante Vila Paraíso aposta em diferenciações e promoções. Além de oferecer atividades recreativas para as crianças, uma forma de as mães curtirem a data com ais segurança e tranqüilidade, a casa também oferecerá um vaucher com desconto de 50% para elas, para a Noite da Paella, quando o funcionamento noturno retornar. Na Padoca do Vila, em Joaquim Egídio, haverá um SPA especial para as mães junto com o Piquenique, e comercialização de cestas especiais para as mães.

Quem também se motra otimista é Rodrigo Porto, diretor do Bellini Ristorante e Kindai e Esquinica, pertencentes à Rede Vitória Hotéis, em Campinas. Em 2020, as duas casas operaram somente com o sistema de entrega. “O Dia das Mães é um dia muito forte para os restaurantes e mesmo podendo receber apenas 25% da capacidade, nossa expectativa é positiva e de crescimento, quando somamos o presencial com a entrega”, diz. Ele lembra que mesmo funcionamento com 25 da capacidade as vendas não serão suficientes para reduzir os prejuízos acumulados em mais de dozes meses. No caso específico do Esquinica, as vendas ocorrerão apenas pelo delivery.

Recém inaugurada, a Rotisseria Cachorro Magro, que opera apenas com entregas e retiradas no local, especialmente de pratos como carnes e massa, projeta um crescimento de vendas três vezes maior na comparação a um domingo normal de funcionamento. “É um dia especial, as pessoas querem comemorar ou mesmo presentear as mães à distância e por ser nosso primeiro ano, esperamos triplicar as vendas e pedidos, mas estamos prontos para um aumento de até cinco vezes da demanda”, garante o Chef e um dos sócios da casa Emerson Donadon.

 

Espalhe por ai:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/05/WhatsApp-Image-2021-05-04-at-11.51.33.jpeghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/05/WhatsApp-Image-2021-05-04-at-11.51.33-150x150.jpegRedação Agenda 7DestaquesRegiãoCom a reabertura dos salões para atendimento presencial, limitado a 25% da capacidade, o setor de bares e restaurantes da região de Campinas estima um aumento de 50% no consumo no próximo domingo, quando é comemorado o Dia das Mães, a segunda data mais importante para o segmento. Em...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP