Nos últimos dias, a região tem registrado índices bem baixos de umidade relativa do ar – próximo a 19% no período da tarde. Além de provocar inúmeros problemas para a saúde da população, o tempo seco também favorece as ocorrências de queimadas urbanas e incêndios. A Defesa Civil e o Corpo de Bombeiros de Sumaré alertam sobre o aumento neste tipo de atendimento e pede cuidados redobrados.

“A maioria dos episódios de incêndios em mata acontece entre 15h e 20h, mesmo intervalo em que o índice de UR costuma cair ainda mais”, lembra a Defesa Civil.

As queimadas podem começar por motivos diversos, porém, o homem é o agente causador mais comum. O grande perigo está na facilidade e velocidade com que os focos de fogo podem se alastrar. Pequenos incêndios, iniciados quando alguém joga cigarro aceso em região de mato seco, podem se alastrar rapidamente e atingir casas e centros comerciais, colocando vidas em risco.

Provocar queimadas em mata ou floresta é crime, previsto pelo Código Penal (artigo 250): causar incêndio, expondo a perigo a vida, a integridade física ou o patrimônio de outrem tem penalidade prevista em reclusão de três a seis anos e multa.

“Infelizmente, queimadas em vegetação são comuns durante esse período do ano com escassez de chuvas. Para evitar as ocorrências e preservar a saúde e a vida da população, é importante ficar atento às orientações de prevenção da Defesa Civil e Corpo de Bombeiros de Sumaré”, disse o prefeito Luiz Dalben.

Prevenção

  • Evite jogar cigarros ou fósforos acesos às margens das rodovias, especialmente aquelas de grande circulação de veículos;
  • Balões podem provocar acidentes aeronáuticos, incêndios florestais e representam um sério perigo para refinarias e indústrias químicas. Além disso, soltar balão é crime previsto pela Lei 9.605/98;
  • Evite acender fogueiras ou qualquer tipo de queimadas. Fuligem e poluentes que são expelidos no ar favorecem o surgimento e o aumento dos quadros alérgicos.;
  • Nunca faça queimadas em dias quentes, secos ou com ventos fortes; nem próximas à rede elétrica;
  • Informe quando houver qualquer indício de fumaça para que as equipes possam controlar e combater o fogo logo no início. Os telefones para casos de emergência são 199 (Defesa Civil) e 193 (Bombeiro Municipal).
Espalhe por aí:
https://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/08/Defesa-Civil-queimadas-1.jpeghttps://www.portalagenda7.com.br/wp-content/uploads/2021/08/Defesa-Civil-queimadas-1-150x150.jpegRedação Agenda 7DestaquesSumaréNos últimos dias, a região tem registrado índices bem baixos de umidade relativa do ar – próximo a 19% no período da tarde. Além de provocar inúmeros problemas para a saúde da população, o tempo seco também favorece as ocorrências de queimadas urbanas e incêndios. A Defesa Civil e...Portal de notícias de Sumaré e Região de Campinas-SP